domingo, 27 de maio de 2012

ENQUANTO




















O que se sente
enquanto os olhos piscam,
enquanto os lábios se fecham,
enquanto a boca se cala?

O que se sente
enquanto se tem certezas,
enquanto o coração almeja,
enquanto a coragem é escassa?

O que se sente
enquanto o corpo esmorece,
enquanto o tempo avança,
enquanto o sonho se esvai?

Enquanto os olhos piscam,
os lábios se fecham,
a boca se cala!

Enquanto se tem certezas,
o coração almeja,
mas a coragem é escassa!

Enquanto o tempo avança,
o corpo esmorece,
o sonho se esvai!


Fabiana Gusmão


2 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. Não teria sentido de beleza não fosse tuas palavras poetizadas... Lindo demais!

    ResponderExcluir