sexta-feira, 15 de junho de 2012

AMO-TE















Amo o teu segredo mais secreto.
Amo, amor, por assim dizer...
E digo
Que de todo o teu amor sagrado
não me resguardo, não mais!
Me desmancho ao teu calor
E me refaço plena – Mulher!
E rogo-te que contes em suspiros
O desvelo que tens por mim.
Pois é nesse desapego de amar
sem medo,
que me amparo e te digo em segredo:
Amo-te, amor, por assim dizer!

Fabiana Gusmão

2 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. (Amo o teu segredo) --> adorei esta parte. Ama-se tanto, que ama-se até o que não se sabe.
    Lindo!

    Paolla

    ResponderExcluir